Blog Boniteza,

Como fazer uma mala de praia

E insights de como pensar as outras malas também 💡

Existe toda uma técnica para fazer a tal da mala ótima – aquela que tem não só o que você precisa em termos de conforto – para estar adequada ao tempo, mas que também atenda as sensações da viagem. E sem pesar – sem ter que levar o armário inteiro contigo.

——

Uma equação básica é número de dias da viagem / 2 = número de parte de baixos

Número de dias x 1 a 2 = número de partes de cima

Essas contas funcionam em conjunto com o básico da viagem: temperatura local, tipos de programa e claro, seu desejo de sensação ao se vestir.

Para exemplificar aqui, bora destrinchar o raciocínio por trás de uma mala de praia.

A minha mala de praia, no caso. Real, oficial.

Temperatura: quente, quente

5 dias

Eventos dia: praia e nada mais

Eventos noite: festa pé na areia

Sensação de : frescura, com fineza e charminho e um quê de moderno

Tradução dessa sensação: mala de peças lisas, cores intensas e um ou outro preto. Cada peça tem algo de diferente no design, mas tudo fresco em termos de tecido – linho, seda, fluidez – e estrutura. Dá-lhe alcinha, fendas, recortes.

A lista ficou assim:

Praia com fuá (leia-se festa toda noite)

Gravei o raciocínio atrás de cada look e coloquei lá no IGTV.

Espia lá se quiser ver tim tim por tim tim.

E se precisar de uma luz com a mala – inverno ou verão, viagem curta ou de mudança de vida, pode chamar a Boniteza aqui 🖤

0

writer

The author didnt add any Information to his profile yet


Insights de como relacionar moda e comportamento in a very smart way, fresquinhos na sua inbox aqui:



Instagram @boniteza

Something is wrong.
Instagram token error.